26 de fevereiro de 2011

A sepração da luz e das trevas


Querido leitor, sempre ouvimos falar sobre esta separação, da Luz e das trevas, que desde o início da criação viu Deus que a luz era boa, fazendo então a separação entre a luz e as trevas.

Ao analisarmos as palavras de Jesus, conforme escrito está em S. João 8.12, que Jesus nos afirma: “Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida”.

Entendemos que Jesus é a luz, mas não uma luz qualquer, Ele é a luz da vida, a luz da plenitude, que irradia com intensa claridade. E Jesus nos diz que quem o seguir, desfrutará desta claridade, pois Ele é a claridade, quem não o seguir viverá em trevas, perdendo então a luz, a claridade que nos conduz à vida eterna.

S. João 1.4-5, também nos diz que: “A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevalecem contra ela”.

Observemos que o ser humano, tem uma necessidade existencial dentro de si, que é a busca pelo prazer, a busca pela alegria, é completar este vazio que carrega consigo, e este vazio é em seu estado humano, uma escuridão profunda, conforme descrito em Atos 26.18, quando Paulo dá o seu testemunho ao Rei Agripa, sobre a sua conversão e o milagre operado por Jesus em sua vida, ao lhe abrir os olhos e o converter das trevas para a luz. Ou seja, o ser humano, por si só, caminha de olhos fechados na escuridão, descendo em direção ao inferno.

Quero dizer à você amigo leitor que Jesus é a luz, Jesus é a vida, que nos preenche, que nos ilumina e, como nós na qualidade de discípulos do Senhor Jesus, somos herdeiros com Ele, por isso, já resplandecemos também a luz de Cristo em nossas vidas, como que espelhos, por isso estamos aqui na terra, para refletir a imagem de Cristo Jesus em nossas vidas. Somos apenas instrumentos usados por Ele, para glorificar o Seu nome.

Por isso que também em nosso viver, devemos ter separação para com as trevas, andamos juntos, mas não misturamos, pois que comunhão há a luz com as trevas? Você consegue entender porque és separado em Cristo?

Digo mais, os seus olhos espirituais foram abertos, a glória da majestade de Jesus foi manifesta em sua vida, por isso, não conseguirás mais, apagar esta luz, poderás até camuflar, mas apagar jamais, pois esta luz é iluminada pelo Espírito Santo que Jesus nos deixou como sendo o nosso consolador, que nos convence do pecado, da justiça e juízo divino.

Portanto, querido leitor, você é luz, por isso não consegues mais se juntar as trevas, até porque, fostes convertido em uma nova pessoa, agora já não és mais criatura de Deus, mas sim, és agora por adoção, chamado de filho de Deus, portanto, és luz em meio a este mundo tenebroso, refletindo a imagem do Pai celestial.

Que o Senhor continue a falar melhor em nossos corações.

No amor do Pai,

William Pessôa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário, agradeço a visita!!!!!!!